10 Dicas para se Tornar um Programador de Jogos

placeholderantigo

titulo1Olá pessoal, hoje no dia do trabalho resolvi trazer algumas dicas para quem deseja se tonar um programador profissional de jogos. Para isto recorri a um site que gosto muito de acessar, o Game Career Guide (http://www.gamecareerguide.com), que sempre traz muitas informações sobre o mercado. Este mês Noel Llopis, Game Designer do site, listou as 10 principais dicas para se tornar um bom programador de jogos. Compartilho ela com vocês:

1Programe jogos

Esta é a coisa mais importante que um programador de jogos pode fazer. Não importa em qual linguagem ou tipo de jogo. O que importa é você adquirir experiências programando jogos completos do início ao fim, e ter uma ideia geral de como tudo acontece. Outra dica seria dar preferência para vários projetos menores ao invés de um único grande. Lembre-se, programar um mod é legal, mas prefira fazer algo seu, mesmo que seja simples. Monte um portfólio do seu trabalho.

2Domine o básico

Como um programador de jogos, há certas técnicas que você deve levar em sua bagagem. Entenda bem matrizes, vetores e suas operações, estrutura de dados e algoritimos, e principalmente, fundamentos de engenharia de software e programação orientada a objetos.

3Conheça um pouco de C++

Muitos jogos ainda são desenvolvidos com C++, para ser um bom programador você precisa pelo menos ter um conhecimento médio desta linguagem. Não preocupe-se em dominá-la por completo ainda. Até porque C++ é um lingugem bem “suja” e cheia de truques.

Concentre-se e uma escrita sólida, código limpo sem truques ou atalhos da linguagem. Não seja radical no uso de APIs (DirectX, OpenGL, etc), conheça os beneficios das demais disponíveis no mercado.

Aprenda mais de uma linguagem, de preferência uma com outra arquitetura e sintaxe bem diferente, como Python, LUA ou Java. Elas darão uma nova perspectiva tornando você um programador mais eficiente.

4Nunca pare de aprender

Não pense, nem por um momento, que uma faculdade será suficiente para ser um bom profissional da área. Um bom programador está sempre aprendendo coisas novas, mesmo depois de anos de experiência.

Com certeza não vão faltar novidades a serem aprendidas: novos hardwares, linguagens, tecnicas, API´s e algoritimos. E com tantos recursos para o desenvolvimento de jogos lá fora, não há desculpa para não estar sempre aprendendo através de livros, revistas, web sites e conferências.

5Comunique-se

Uma boa comunicação dentro de uma equipe é questão de vida ou morte na programação de jogos. Você deve comunicar-se de forma eficiente para coordenar esforços com os outros programadores, tanto para explicar como o seu código funciona para os artistas e designers, como também para entender qual feature o resto da equipe necessita. Isto sem falar que uma boa comunicação com seu chefe é um grande passo para um crescimento mais rápido, é importante mostrar o que você tem feito.

Como você adquire uma boa comunicação? Fazendo apresentações, compartilhando o que você tem feito com outras pessoas durante o lanche, escrevendo um blog detalhando suas experiências, ou participando em fóruns e lista de e-mails sobre desenvolvimento de jogos.

6Ferramentas do mercado

Aprender toda a teoria sobre progamação é importante, mas quando chega a hora da prática, você utilizará determinadas ferramentas para programação. Procure um bom editor, programa de controle de código e um debugador. Não se preocupe tanto qual seria o melhor do mercado, o importante é saber bem o que você pode fazer com ele e também utilizá-lo de forma eficiente.

7 Trabalhe com uma equipe em um grande projeto

Se você trabalhou apenas sozinho em projetos, terá um grande choque quando iniciar seu primeiro emprego na indústria de jogos. Você terá que que além de explicar como seu código funciona,  também preocupar-se em modificar grande blocos de código escrito por outros programadores. Procure ter experiências em grupo na escola, faculdade ou até mesmo em projetos de código aberto na web.

8 Jogue e estude os games

Você deve sempre estar a par do último lançamento do mercado, além das últimas novidades tecnologicas na indústria. Não apenas jogue, estude os games.

Tente descobrir qual técnica de renderização de sombra eles estão usando, ou qual AI esta fazendo aquelas decisões táticas naquele game de estratégia. Encontre informações através de postmortems (Diário de bordo de um projeto finalizado) ou lista de e-mails e analise como elas podem ser aplicadas em seu jogo.

9Escolha uma área de especialização

Um programador efeciente tem um bom entendimento de como as diferentes áreas de um jogo trabalham juntas: graficos, AI, detecção de colisão, rede, interface do usuário, input, física e todo o resto.

No início de sua carreira, é muito importante ter uma visão do todo, mas em paralelo, iniciar a pensar em qual área você gostaria de dar mais foco. Depois de alguns anos você estará apto a especializar-se mais, tornando-se um expert nesta área.

10Tenha uma educação diversificada

Não tenha medo de abrir um pouco seus horizontes e aprender coisas não relacionadas diretamente a programação. Ter uma educação diversificada, ou até um passa-tempo não relacionado ao desenvolvimento de jogos, podem trazer grandes beneficios, muitos deles até inesperados.

Acima de tudo, aplique-se em terminar sua graduação da melhor forma possível aproveitando todo o conhecimento de professores e colegas.

Conclusão

Gostaria apenas de acrescentar a lista desenvolvida por Noel Llopis um ponto bastante importante, goste muito do que você faz. O mercado de jogos não é nada fácil e possui muitos obstáculos, mas se você tiver a dedicação e o empenho adequados a alguém apaixonado pela área, as coisas acontecerão no seu devido tempo. Dedique-se em sua meta, trabalhe em momentos que seus amigos estão se divertindo, ou até dormindo. É apenas desta forma que tornamos um sonho realidade, com TRABALHO.

“O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.”

Referências: http://www.gamecareerguide.com/top_ten_tips

Autor: Everton Vieira Ver todos os posts de
Sou Bacharel em Análise de Sistemas pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) no ano de 1999. Minha paixão por games é de longa data. Porém, em 2003 tornei essa paixão uma profissão. Durante oito anos atuei como Game Designer e Arquiteto de Software em mais de 30 projetos de Serious Games (simuladores) para grandes empresas do país. Atualmente sou sócio-fundador da Izyplay Game Studio, onde exerço o cargo de Diretor de Criação. Além do envolvimento corporativo, também participei da organização da Pós Graduação em Arquitetura e Desenvolvimento de Jogos Digitais na FATEC SENAC Pelotas. Minha área de interesse e especialização é Game Design e Inteligência Artificial.

84 Comentários em "10 Dicas para se Tornar um Programador de Jogos"

  1. kerberus 04/05/2009 at 18:13 - Reply

    mais um artigo muito bom, creio que passei parte da minha vida seguindo parte desta lista sem saber que a mesma existia, não me considero um programador de jogos ainda apesar de já ter feito alguns mini jogos, e ter passado um pouco menos da metade da minha vida me dedicando ao estudo da criação de jogos, mas tenho certeza de que estou no caminho certo e que cedo ou tarde concretizarei meus sonhos, e se eu tenho certeza disso e inconscientemente eu segui mais da metade desta lista então eu posso chegar a conclusão de que a mesma está correta, e sobre as tuas palavras Everton realmente todo o tempo em que eu estava estudando tinha muitas ilusões tentando me afastar do meu objetivo, foi ignorando isto que pude chegar aonde estou que ainda não é concreto mas sei que vou chegar lá.

    “Ilusão é combustível de perdedores”

  2. Taysson 14/11/2012 at 01:00 - Reply

    Muito bom mesmo essas dicas… ajudará em meu desenvolvimento…como programador

  3. George 23/02/2013 at 18:57 - Reply

    Jogos comerciais são um negócio de alto risco. Será que vale a pena queimar os neuronios para o prazer dos outros?
    Se realmente é isso que alguem quer ser, o que eu digo é: boa sorte e não desista nunca de seu sonho, porque a estrada é árdua, longa e cheia de obstaculos!
    Haverá os altos e baixos!
    Momentos em que voce dirá: chega, programar jogos é pra loucos…não quero ficar louco! Chega! Vou viajar, vou surfar, vou acampar, vou pescar, vou viver a vida!

  4. dalyson 17/05/2013 at 12:54 - Reply

    aina não tenho pratica nenhuma. onde e como devo começar ?

  5. pedro 10/07/2013 at 02:04 - Reply

    onde devo começar

  6. fabricio 16/08/2013 at 02:20 - Reply

    já fiz curso de web designer só para ver como era porque não tinha certeza gostei mais vi que era área do game que quero seguir.então Gostaria de saber só uma coisa quero ser programador de jogos ainda não comecei nenhuma faculdade estou preste a entrar em uma qual você me indica aqui no Brasil que é reconhecida la fora? e aproposito achei muito interessante seu comentário.

    • Everton Vieira 20/08/2013 at 22:01 - Reply

      Olá Fabricio,

      No Brasil não temos muitos cursos bons de game. Mas, primeiro, preciso saber onde você mora para indicar a melhor opção e a mais próxima. Infelizmente, não temos cursos de programação em games que sejam reconhecidos lá fora. Somo ainda muito novos na área para esta notoriedade. ;)

  7. novato 19/08/2013 at 15:00 - Reply

    sou novo nisso com que programa posso usar?

    • Everton Vieira 20/08/2013 at 22:04 - Reply

      Você pode iniciar utilizando algum “motor” de jogos para experimentar. Temos alguns posts sobre game maker aqui no blog. Após isso, o Unity3D é um excelente ferramenta.

  8. Murilo Pais 10/09/2013 at 21:25 - Reply

    Everton Vieira tenho uma duvida, meu sonho é ser um designer de games , trabalhar em empresas grandes como EA, Blizzard, Ubisoft. Tenho uma condição financeira muito boa e sei que aqui os cursos de design de games são ruins e não valem a pena, e por isso pretendo ir para os EUA. Antes de ir para os EUA vou fazer um curso tecnico no Senai para que eu consiga ganhar muito dinheiro e viajar pra lá. Voce acha que devo fazer isto para me tornar um designer de games ou devo fazer algo diferente??/

  9. leonardo 12/09/2013 at 10:03 - Reply

    faço ciência da computação e gosto muito de programação, queria que vc me desse umas dicas para entrar na área de jogos, me indicar alguns cursos podendo ser até online

  10. V.Y.Fujiki 11/02/2014 at 06:43 - Reply

    Olá, tenho 14 anos, e estou trabalhando com alguns amigos para criar um rpg, mas , apesar da historia do jogo estar indo bem, e a criação de cenarios e personagens tambem, não temos nenhum programador para nos ajudar, você poderia me indicar alguem de confiança( de preferencia em Rondonia) que aceitaria participar desse tipo de projeto?

  11. Algorithmica 06/03/2014 at 10:57 - Reply

    Everton, Voce pode me indicar algum bom programador de Games?

    • Everton Vieira 12/03/2014 at 12:35 - Reply

      Olá Marcio,
      Posso indicar alguns colegas.Mas, para isso, preciso saber a localidade e a linguagem que você pretende utilizar.

  12. Ulysses Silveira pita 16/04/2014 at 23:12 - Reply

    Everton, assim como nosso amigo acima, gostaria de saber se é possível me indicar, algum programador de games, para 2 projetos meus que irei lançar no kickstarter, um eu mesmo comecei a programar em As3.0 Flash, mas está muito sujo, e começou a bugar… Já tenho toda a arte do jogo pelo menos para a primeira faze a alpha. O segundo estou desenvolvendo em C# mas ainda estou aprendendo a linguagem… Ajuda plz…

    • Everton Vieira 21/04/2014 at 23:11 - Reply

      Olá Ulysses,
      O local ideal para encontrar programadores e artistas seria o nosso fórum. Infelizmente ele ainda não foi restaurado. Assim que tivermos novidades, comunico aqui e pela fanpage.

  13. Carolyne Monte 26/04/2014 at 15:02 - Reply

    Já perdi muito tempo jogando, chegou um tempo em que ao invés de ser uma distração ou divertimento passou a ser um vício e me prejudiquei, no trabalho, em casa e em relacionamentos.
    Penso muito em fazer uma faculdade de programação de jogos, tenho medo de não me encontrar no mercado já que sou leiga no assunto, mas não tem jeito enquanto eu não trabalhar com os jogos vou continuar trabalhando jogando, o que de certa será um grande problema.
    4 anos depois dessa ótima publicação, vejo que o que faltava pra mim mesmo era informação….

    Muito Obrigada, me ajudará e muito!

  14. Leone 28/04/2014 at 04:24 - Reply

    Para um profissional ou estudante de TI, vale a pena investir na carreira de jogos? No sonho de tornar-se um designer ou programador de jogos? Ou será que é necessário muito mais que gostar de jogos para aventurar-se neste ramo? É comum profissionais de TI que largam sua carreira e obtém sucesso na de jogos ou isso é difícil de acontecer? Eu percebo que a maioria esmagadora dos estudantes de TI, como eu, são loucos por jogos, mas quase ninguém transforma essa paixão em profissão. Será que é porque é mais fácil conseguir emprego na TI? É muito arriscado, difícil, tornar-se um profissional da área de games ou isso já uma realidade mais acessível aqui no Brasil?

    • Everton Vieira 29/04/2014 at 13:19 - Reply

      Olá Leone,

      Nós da IZY, os três sócios fundadores, somos oriundos da área de TI. E sim, a TI tem muito mais ofertas de emprego e também oferece uma estabilidade mais fácil de conquistar. Porém, não estamos na área de games em busca apenas de instabilidade e sucesso. Estamos aqui por que amamos muito o que fazemos. Gostaria muito de te afirmar que sim, é bem possível atingir o sucesso na indústria de games, mas ainda não posso te dizer isso. Precisamos primeiro de empresas bem consolidadas e estáveis para criarmos um mercado atrativo para os profissionais. Isso já existe, mas em um número muito pequeno ainda. Não há o caminho das pedras para os empreendedores deste ramo ainda. Sendo assim, grande parte das empresas possuem um número muito pequeno de colaboradores. O mais comum é vocês ver empresas pequenas formada por sócios e/ou amigos. Mas, não quero te desaminar, pois foi neste cenário desfavorável que estamos construindo uma história no mercado. Quem tem claro a paixão pela área, encontrará o caminho. ;)

  15. abraao 14/05/2014 at 09:23 - Reply

    o everton me ensina fazer um jogo

    • Bárbara Bueno 30/07/2014 at 03:53 - Reply

      Olá, Abraão!
      Desculpe me intrometer, mas é por uma boa causa…
      Assim como você também tenho esse sonho de fazer um jogo e tenho dado meus passo lentos nesta caminhada, então vão umas dicas.
      Para aprender a fazer um jogo é necessário saber que tipo de jogo você quer fazer.
      Se quiser fazer um grande jogo, tenha em mente que dificilmente o fará sozinho, já que isto requer conhecimento de diversas áreas. Se for um jogo simples suas chances aumentam. Outra coisa que interfere neste ponto é: quer simplesmente fazer um jogo para se divertir ou um jogo para vender?
      Se for apenas por satisfação pessoal, experimente utilizar o RPGMaker, o GameMaker ou até a Construct 2. Estes programas podem te poupar de desenvolver códigos, gráficos e outros features para seu game.
      Existem outros programas. Vi alguns jogos de luta bem bacaninhas feitos com o Mugen.

  16. Kecy 23/06/2014 at 14:35 - Reply

    Eu quero estudar para ser programadora ou designer de games, ótimo post e dicas, me ajudou muito.

  17. Jonathan 12/07/2014 at 04:44 - Reply

    Estou interessado no Tecnólogo de Análise e Desenvolvimento de sistemas da Fatec-Pelotas, algum sabe me dizer se é um bom curso???
    O curso e a Faculdade são reconhecidos no mercado de trabalho?

  18. Marcelo Lima 15/07/2014 at 17:44 - Reply

    Everton eu quero fazer um jogo tem personagens mais não sei fazer o resto.

    • Bárbara Bueno 30/07/2014 at 03:58 - Reply

      Olá, Marcelo Lima!
      Tenho uma boa dica para você. Ela serviu bem para mim há algum tempo.
      Leia este artigo: http://abrindoojogo.com.br/anti-invaders-um-projeto-didatico ; e utilize o exemplo de projeto que é disponibilizado nele como estrutura para montar o projeto do seu jogo.
      Ele vai te servir de norte para ajudar a organizar o que seus personagens farão no seu jogo e principalmente, como o jogador se relacionará com esses seus personagens.

  19. Willian 18/10/2014 at 05:09 - Reply

    Èhr , acho que vou tentar ser um game designer, como mts que procuram sobre isso é apaixonado por jogos, já joguei mts jogos, gosto de mmos, já joguei mts e sempre parei, n achava minha diversão lá , desde então eu quis ter algo em que me encaixe algo que poderei me divertir, tentarei iniciar neste ramo, fazendo um curso de games aqui perto e ver bem como a banda toca, sei que é preciso mt dedicação , obrigado pelo post :D ,

  20. amaury 24/01/2015 at 12:42 - Reply

    Bom meu sindo e ser um grande criador de jogos qual a sua dica em relação ao meu prineuro jogo devo fazer jus simples tipo para celular de começo!!! Ou devo pensar em grandés projetos ja!!!

  21. fernando 05/04/2015 at 23:38 - Reply

    Olá queria saber se o game macker pro e o game macker studio er um bom começo.

  22. Johnatan 25/05/2015 at 23:52 - Reply

    Ola queria pergunta se tenho chance nessa area!
    Tenho 16 anos e pretendo criar um jogo mas um jogo simples soh que bem legal que possa me dar algum dinheiro e eu praticamente nao sei de nada sobre programação eu so fikei modelando 1 ano no blender mas minha experiência e pouca eu tenho tempo pra estudar so que na Internet e sou bem esforçado, queria saber se tenho chance em criar algum jogo.

    • Everton Vieira 08/06/2015 at 23:11 - Reply

      Defina uma ideia de game simples e inicie com tutoriais do Unity. É um bom começo!
      Em breve estaremos disponibilizando aqui o material do curso de Introdução a Lógica de Programação. Este material pode lhe ajudar a dar os primeiros passos. Fique ligado no blog ;)

  23. Paulo de brum lobo junior 17/07/2015 at 03:16 - Reply

    Oi, eu me inscrevi para o vestibular para designer de games, só que nao tenho noçao nenhuma, eu sou bastante esforçado pra aprender, só que eu nao sei o que é preciso pra entrar nessa area, tipo saber desenhar como exemplo… Voces acham uma boa eu tentar entrar nessa area?

    • Everton Vieira 18/07/2015 at 20:25 - Reply

      Olá Paulo, tudo bem?

      A área de Game Design é bem interessante e exige muito estudo. Porém, ela não tem relação alguma, ou muito pouca, com desenho. As principais referencias na área não apresentam este skill. Claro que se você souber se expressar visualmente, ajuda. Mas, não é uma premissa. O que faz um bom profissional nesta área é um estudo aprofundado em gameplay e mecânicas. Por exemplo, o que faz um jogo ser bom? Ou o que faz um jogo ser ruim? O que é diversão? Como controlar a experiência que o jogador terá ao jogar o seu game. São questões que você deve procurar responder ao ingressar nesta área. Porém, vale destacar que o mercado de games está crescendo bastante no Brasil, mas é ainda bem pequeno. Infelizmente não há muitas ofertas de trabalho na área. Sendo assim, é importante você também cogitar abrir sua própria empresa se for necessário. Criar seus próprios jogos e coletar o feedback dos jogadores. ;)

  24. joao carlos flor 03/09/2015 at 05:47 - Reply

    Ola ,meu filho formou-se em web design pela sos computadores ,e apaixonado por games ,disse que ja esta programando jogos e quer fazer curso tecnico de programador,esta terminando o curso de montagem e manuntencao de micro,falei com ele que e importante fazer um curso de ingles .
    Quero investir nele,sera que essa area e promissora,vale apena, lembrando que ele tem so
    14 anos, preciso orientaçao um abraço

    • Everton Vieira 03/09/2015 at 14:01 - Reply

      Olá, João!

      Bom, o meu pensamento, e comentário, tem por base uma premissa muito simples. Se seu filho esta fazendo o que gosta e está realizado, com certeza vale a pena sim. Porém, não ficou claro exatamente a sua preocupação. Se a dúvida seria: Essa área da um retorno financeiro? Ou essa seria uma profissão estável? Eu diria que não. Se a ideia é encaminhar uma carreira estável e boas ofertas de emprego, o setor de games não é a melhor opção. É uma área difícil de se firmar, há poucas ofertas de emprego e o conhecimento exigido é muito alto. No Brasil isso é ainda um pouco mais difícil. Mas, quando se faz o que se gosta, tudo fica mais fácil. Minha sugestão é: Apoie as decisões dele, deixe bem claro que é necessário muito estudo e que isso tudo deve ser encarado como uma profissão, por mais diversão que possa parecer. Incentive ele a conhecer profissionais da área e entrar no meio por esta porta.

  25. joao carlos flor 03/09/2015 at 06:15 - Reply

    Qual escola devo coloca-lo no rio de janeiro pois a maioria das escolas ficam em sao paulo.
    Sera que no senai do rio de janeiro tem esse curso
    Tecnico de programaçao de games ou senac e tambem outra escola certificada pra esses cursos, sera que vc pode me indicar obrigado.

    • Everton Vieira 03/09/2015 at 14:03 - Reply

      Olá João!

      Não tenho conhecimento de quais escolas seriam boas indicações no RJ. Mas, procure pelo pessoal do IGDA-RJ. É uma associação de desenvolvedores do RJ. Eles podem indicar boas capacitações.
      https://www.facebook.com/IGDARio

  26. Alessandro 04/09/2015 at 02:05 - Reply

    Olá Everton!
    Sou Alessandro queria que você podesse me indicar uma boa faculdade e de como é o nome pra mim tipo eu queria trabalhar com GRAFICOS.
    Sonho seguir por esse caminho se você pode me ajudar eu moro
    BRUSQUE-SC

    • Everton Vieira 07/09/2015 at 16:45 - Reply

      Olá, Alessandro!
      A região de Florianópolis possui vários cursos na área de games. Entre eles, cito a Univali que tive a oportunidade de conhecer.
      Se você deseja seguir a área gráfica, você pode obtar por outros cursos não diretamente ligados a games. Design Digital, por exemplo, seria um curso fundamental para fazeres. Dentro desta área há várias especificações. Você pode seguir para ilustração 2D, modelagem 3D, animação e até interfaces. Procure experimentar estas áreas em cursos técnicos ou tutoriais antes de escolher a faculdade ;)

  27. Victor Kvothe 08/09/2015 at 01:35 - Reply

    Olá,
    Meu Nome é Victor e sou um aficionado por games, assim como todos que acessam essa pagina, e estou com uma incerteza profunda em minha vida.
    Estudei um curso por 5 anos, que nao tenho muito gosto, por influencia dos meus pais. Eles querem que eu dê continuidade à empresa deles.
    Estou com 22 anos, trabalho na empresa da familia, acredito que faço um trabalho decente e tenho uma vida ótima, mas nao sinto prazer no que faço. Estou pensando seriamente em largar tudo, pegar o dinheiro que juntei e estudar o desenvolvimento de games do 0, mas estou com muito medo de estar sofrendo de uma ilusao terrivel e achar que em pouco tempo poderei ser bom em desenvolver games. Gostaria de saber de especialista da area, assim como voce, sobre quanto tempo demoraria para eu atingir um nivel bom de habilidade, consider and que me dedicaria totalmente ao estudo de games, por onde comecar.
    Ficarei muito grato caso voce responda.
    Abraco

    • Everton Vieira 10/09/2015 at 11:00 - Reply

      Olá, Victor! Tudo bem?

      A indústria de jogos é fascinante, mas é um terreno bastante inexplorado Victor. No Brasil esse fator ainda é mais evidente. Mas, se você tem convicção que gosta de CRIAR jogos, eu não ousaria te desmotivar. Mas, dou alguns conselhos ;)

      - Não há a menor necessidade de LARGAR TUDO. Inicie os seus estudos em paralelo ao seu trabalho atual. Se você realmente deseja isso, vai tirar de letra o tempo apertado.
      - Durante a capacitação já foque em criar o seu primeiro game. Simples, divertido, mas completo. Coloque ele nas lojas e portais e veja a reação do público. Avalie se o que você realmente achava que seria divertido se confirmou com os gamers.
      - É difícil fazer um game sozinho. E eu diria extremamente desaconselhável. Sendo assim, já procure em seu curso um colega que possa assumir a parte gráfica do projeto. Ela é muito importante.
      - Não esqueça que 70% do trabalho de um game de sucesso está no marketing. Então foque nisso também, procure cursos, tutoriais, vídeos que te ajudem a evoluir nisso.
      - Procure bem por um bom curso. Há curso bons no Brasil, mas ruins também.

      E para finalizar, não desista do seu sonho. Se é isso que você quer, vá atrás. Só iniciando para saber se tem chance de dar certo. ;)

  28. Alisson Reisner 23/09/2015 at 20:02 - Reply

    Eu gostaria da opnião de vocês para saber qual faculdade devo fazer para me tornar um programador de jogos. desde já agradeço.

    • Everton Vieira 02/11/2015 at 09:41 - Reply

      Olá, Alisson! Tudo blz?

      Primeiro, você pode procurar faculdades de games da sua região. É importante conhecer pessoas que estejam fazendo, ou já fizeram, o curso antes de escolher. Caso não tenha nenhuma instituição focada em games, você pode fazer qualquer curso relacionado a desenvolvimento de sistemas. Muito do que utilizamos no desenvolvimento de games é base para outros cursos. O que mais importa aqui é a sua vontade de aprender e correr atrás. A gente aqui ajuda ;)

  29. Rafael 13/10/2015 at 11:27 - Reply

    isso vai ser muito útil para min valeu

  30. josef junior 28/10/2015 at 12:50 - Reply

    seria um sonho realizado por um dia criar um jogo do jeito que eu quiser tbm sou fascinado pelo mundo game porem jah tenho 23 anos e tenho que começar do zero no meu caso sera que e só um sonho mesmo ou ao decorrer do meu esforço com um pouco de sorte talvez eu consiga fazer isso ?

    • Everton Vieira 29/10/2015 at 08:37 - Reply

      Olá, Josef!

      Nunca foi tão fácil criar um game como atualmente. Temos várias ferramentas, cursos e formas de distribuir o jogo quase a custo zero. Eu comecei minha carreira na indústria com 26 anos em 2004. Ou seja, não tem hora certa. :)

  31. Ericlis de Lima Reis 08/11/2015 at 01:59 - Reply

    Ola Everton meu nome e Ericlis tenho 20 anos Moro em Dom Pedro -MA você pode me enforma onde tem uma faculdade ou curso de design de jogos nessa região, eu pretendo começa fazer mas quero sabe qual programa que ser usa pra criar jogos me falarão também que agente precisa fazer curso antes de tecnologia algo assim pra saber guiar melhor computar ou Not depôs que começar a fazer design de Jogos você pode me dizer se isso e verdade? E pode me dizer o que eu devo sabe sobre Computadores porque hoje as coisas estão mas facel, até porque tem gente que criar jogos simples e sedão bem tipo esses joguinhos de construção e outros
    :) ..

    • Everton Vieira 12/11/2015 at 09:12 - Reply

      Olá, Ericlis! Tudo bem

      Infelizmente não tenho conhecimento de cursos ou faculdades na sua região. Mas, isso não significa que não exista. Porém, vale algumas explicações sobre o mercado. Cursos de Design de Jogos (Projeto de Jogos) normalmente são feitos para que você conheça um pouco de tudo. Você vai programar, modelar, desenhar e animar. Isso é bom em casos do aluno não ter ideia a área que quer seguir dentro do setor de games. Mas, caso você já saiba, é adequado sim fazer uma faculdade “tradicional” da área. Por exemplo, Desenvolvimento de Sistemas para programação e Design Digital, para arte. O conhecimento base de um game dev é comum para outras funções como estas citadas.

      Mas, não fique só na faculdade. Estudo por fora, mas estude mesmo. Sugiro você focar em uma engine conhecida, como o Unity e fazer o seu primeiro joguinho. Não importa o quão simples ou “feio” ele se pareça, mas faça ele todo, deixando o mais polido possível. Neste processo você vai ter que experimentar as duas principais áreas e já pode escolher qual seguir. Cursos técnicos focados na engine ajudam neste sentido. Procure um curso de Unity em sua região. Pode ser mais fácil de encontrar.

      Se você quer desenvolver games, comece fazendo um. ;)

  32. Angelo 29/11/2015 at 15:50 - Reply

    Boa tarde Everton, Estou querendo começar nessa area e queria saber como anda o mercado, eu sou da região de são jose do rio preto e aqui tem o curso de tecnico de programação em jogos digitais no SENAC, é um bom começo ? e queria saber se vc tem algum material ou site pra indicar para eu ja ir dando uma estudada, pois o curso só inicia em 03/2016.

    Obrigado

    • Everton Vieira 05/12/2015 at 17:50 - Reply

      Olá, Angelo!
      Sim, iniciar por uma curso de capacitação ajuda bastante. Mas, mais importante que isso, é você já iniciar a criação de seus primeiros jogos independente do curso. Siga o seu ritmo e faça ele ser algo constante. Sobre o site, conheço um tal de Abrindo o Jogo que tem bastante material lá :)

      Brincadeiras a parte, procure acompanhar blogs e fóruns sobre desenvolvimento e também da linguagem que você estiver utilizando.

  33. Vinicius silva 05/12/2015 at 19:50 - Reply

    Ola Everton, estarei iniciando o curso de Sistemas de Informação em 2016, VC poderia dizer se esse curso pode me ajudar no desenvolvimento de jogos?

  34. Angelo 05/12/2015 at 20:42 - Reply

    Obrigado Everton, pra iniciar qual software e linguagem vc me indica ? e maquina pra eu iniciar preciso de algum requisito para rodar esse software ? eu ja estou pesquisando bastante. obrigado pelo site =).

    abraços

    • Everton Vieira 13/01/2016 at 18:04 - Reply

      Olá, Angelo!
      Aconselho você a utilizar o Unity como ferramenta. Já a linguagem, você pode iniciar com JS e depois trocar para o C#. Jogos profissionais são feitos normalmente com o C#, mas o JS é mais simples e talvez seja o melhor para você iniciar.

  35. Daniel Silverio 18/12/2015 at 14:27 - Reply

    Olá, Everton.
    Primeiramente eu gostaria de agradecê-lo pelo trabalho que você está fazendo aqui de orientar pessoas, respondendo às perguntas com atenção e franqueza. Esse é um trabalho muito valioso.
    Eu queria perguntá-lo sobre o seguinte: eu tenho muito interesse em entrar na área de criação de jogos porque vejo seu pontêncial como plataforma onde se pode contar histórias de forma envolvente e com as quais o jogador pode interagir. Esse potêncial já foi demonstrado, claro, mas acredito que ainda possa ser muito explorado. A minha pergunta, então, é a seguinte: como é o mercado de trabalho para alguém como eu, que tem como principal foco a criação de histórias? Por mais que o mercado de jogos ainda esteja em formação no Brasil, imagino que profissionais com esse foco sejam escassos.
    Eu desde criança sinto que tenho vocação para isso e os jogos e as histórias sempre foram uma paixão para mim, mas mesmo assim não encaro a profissão como diversão e sei que a realidade de quem trabalha nessa área é diferente do que muitos imaginam.
    Eu estudei computação gráfica por alguns anos quando era mais novo (estou com 20 anos) e acabei desistindo, mas se fosse o caso eu estaria disposto a voltar para o 3D. No entanto, como eu disse, o meu foco é a criação de histórias. Inclusive eu estou escrevendo um livro, já o desenvolvi bastante e sei que tenho capacidade para terminá-lo – resta saber se terei tempo rsrs -, mas queria também se o fato de eu ter um livro tem algum valor nessa área. O livro é de ficção.
    Enfim, o que quero saber é isso: como é a indústria de jogos para a criação de histórias? No Brasil as empresas normalmente dividem as tarefas ou cada um faz de tudo um pouco? E referente a faculdade, qual curso você me recomendaria (estou em São Paulo)? Estou entre TI e Desenvolvimento de Jogos, mas ambiciono conseguir uma bolsa no novo curso de animação da Faap, mas não posso contar muito com isso por ser muito concorrido. Eu tenho medo que Desenvolvimento de jogos seja muito arriscado, pois não sei o que posso fazer com esse curso caso a carreira em jogos não dê certo. TI, por outro lado, me parece mais seguro, mas não sei se me ajudaria tanto a entrar na área.
    O que você me sugere?
    Sei que tenho muitas dúvidas, mas acredito que muitas delas possam servir para ajudar outras pessoas que estejam interessadas, então não deixei de perguntar nada.
    Desde já agradeço a atenção e desejo um bom fim de ano.
    Abraço.

    • Everton Vieira 13/01/2016 at 18:20 - Reply

      Olá, Daniel! Tudo bem?

      O mercado de jogos não seria um lugar para quem não gosta de muitas aventuras e confusões. Ele pode ser muita coisa, menos um mercado estável. Se por um lado é dito que ele está imune a crise, por outro, ele já tem seus próprios obstáculos. Tendo isso dito, você deve seguir a sua intuição, e porque não dizer, seu coração. É uma decisão difícil, mas você tem tempo para tomá-la com sabedoria. O setor de TI é, pelo menos para mim, bastante interessante também. Dependendo da função que você escolher, é possível gostar muito do que se faz neste ramo. É um mercado com muita demanda e paga bem em quase todas as regiões do país. Do outro lado, o mercado de games é a realização de um sonho para quem deseja criar histórias como você. Eu costumo dizer que games são uma excelente ferramenta para contar ótimas histórias. Ele é um mercado com pouca oferta de trabalho no Brasil, mas elas existem, pois há também poucos profissionais capacitados. Sem falar que sempre há a possibilidade de almejar um trabalho no exterior.
      Bom, em resumo, não posso opinar por qual caminho você deve seguir. Mas, posso descrever o máximo de cada uma das trilhas. Trabalhar apenas com história para games é muito raro. Mesmo se pensarmos no exterior. É muito comum as empresas terceirizarem esta função. Você conhece o Arthur Protásio? Ele é um ótimo profissional e acaba de abrir uma empresa focada em Narrativa para várias mídias (games, filmes, novelas, etc). Acredito que ele possa te ajudar com informações mais precisas sobre o mercado de roteiro. Ele tem um canal bem legal chamado Ludo Bardo. Dê uma olhada ;)

      Eu trabalho com só games há 13 anos. Consigo me sustentar com isso hoje. Mas, tive que trabalhar muito para tornar isso possível. Busquei aprender em um época que a informação não era fácil e não tínhamos referencias para nos segurar. Ainda mais morando em uma cidade longe da capital. Foi difícil? Se foi, eu não senti, pois gosto muito do que faço. Se você realmente tem claro que é isso que você quer, baixe a cabeça e trabalhe. O resto vem por consequência e muitas vezes é surpreendente. :)

  36. flavio 25/12/2015 at 19:23 - Reply

    ei Everton, estou ainda em duvida no que devo fazer daqui pra frente. Por isso quero saber se este é um bom ramo a ser seguido, se tem no Ceará( moro em fortaleza, parentes em uberlandia mg), e como aprender sozinho ( caso n tiver o curso ) .
    uma outra duvida, é sobre o curso de Ciencias da Computação, Eng.da Computação, Eng. de soft. e Sistemas da informação, alguns deles é bom para ser programador de games ? qual tu me indica

    • Everton Vieira 13/01/2016 at 18:25 - Reply

      Olá, Flavio! Tudo bem?

      Você pode ler a resposta que acabei de escrever para o Daniel. Acho que ela serve para você também. :)
      Sobre qual curso escolher, fica difícil opinar pois não conheço a grade curricular de cada um. A minha formação é Analise de Sistemas (Similar a Sistemas de Informação), mas o Alessandro é um Cientista (fez Ciência da Computação). Acredito que a base de todos seja muito parecida. Você só aprende a programar, programando. Sendo assim, independente do curso que escolher, procura já AGORA iniciar programando um joguinho. Pode ser até utilizando Engines mais fechados e simples como o Game Maker e Construct 2. O importante é você ter uma boa lógica e praticar muito o “aprender sozinho”. ;)

  37. Vinicius 28/12/2015 at 14:30 - Reply

    Olá, meu nome é Vinicius, tenho 13 anos e quero me formar em programação, tudo isso que desejo é pra passar 10 anos trabalhando aqui no Brasil e depois morar nos EUA já que tenho uma boa parte do inglês dominada, mas botando foco no assunto, irei terminar o EM com 17 anos e ja vou buscar cursos de programação em senai ou outros cursos aqui de SP, vou fazer faculdade de ciências da computação e já sei o que fazer, pretendo dominar a linguagem Java e C++, eu to aqui pra perguntar de quais maneiras eu posso praticar essas linguagens, websites ou programas que me ajudem a aprimorar durante minha carreira, você pode me ajudar?

    • Everton Vieira 13/01/2016 at 18:27 - Reply

      Olá Vinícius!

      Primeiramente, parabéns pela iniciativa e pelo organização em traçar uma meta mesmo sendo tão novo. Isso é um sinal de um bom profissional que já está se formando :)
      Bom, minha resposta será um pouco óbvia, pratique fazendo games :)

  38. Beatriz Lima 19/01/2016 at 09:54 - Reply

    Olá, tenho 13 anos, gosto de games desde meus 5 anos. Me interessei pelos jogos, por que fiquei curiosa de como funciona, como eles “constroem” os jogos. Então resolvi aprofundar minha pesquisa em construção se jogos. Logo após a pesquisa, percebi que não será fácil mas mesmo assim pretendo continuar. Todos os profissionais, não só do ramo de games, começaram como iniciantes, assim como todos. Estou mais próxima do mercado de trabalho, mas ainda não sei por onde começar para aprender mais sobre programação, linguagens e entre outros. Pode me dar umas dicas?

    • Everton Vieira 05/11/2016 at 11:46 - Reply

      Olá, Beatriz! Tudo bem?

      Claro! A minha sugestão é você primeiro identificar qual das áreas básicas na produção de games você gosta mais. Programação ou Arte? Para descobrir sugiro procurar cursos técnicos próximos da sua cidade. Tutoriais na internet também ajudam para você dar os primeiros passos e avaliar qual das áreas você gosta e se sai melhor. ;)

  39. Raylosn 08/02/2016 at 23:29 - Reply

    bom, aos 10 anos eu começei a compreender como os jogos foncionavam, a entender as dlls, mas só as 13 comçei a desenhvolver games no inicio era dificio pois não tinha internet não tinha um computador propio e não tinha progamas, quando ganhei o meu primeiro pc então eu comecei a baixar progamas, apostilas e tutoriais de criação e desenvolvimento de games, aos poucos eu fui crescendo, até que então eu descidi criar a minha propia empresa: a Wairosoft ,bom… apesar de só eu criar os jogos não é muito dificil trabalhar sozinho, no inicio ninguem se intereçava nos meu jogos, até que um dia eu inovei no meu primeiro game HD, eu lembro que quando eu mostrei o trailer para o meu colega, ele jogou o video na internet e a parti dai eu começei a ter um retorno finaçeiro. hoje eu busco cada dia mais inovar,fazer mais do que fiz ontem, mostrar o que me move. e graças à vc pode perceber o tão longe que eu cheguei, eu ja tinha vindo aqui antes só que não deixe um comentario, OBRIGADO.

  40. ednaldo 14/02/2016 at 12:42 - Reply

    Ola minha aréa que eu focaria mais em prograçao e desenvolvimento de jogos seria em futebol alguém me ajuaria ?

  41. Ricardo 17/02/2016 at 17:06 - Reply

    Ola Everton
    Eu queria ser um programador de jogos, mais nao sei por onde começar. Nao tenho noçao alguma dessa area mais tudo tem um começo, queria uma dica como posso começar, ainda sou novo, tenho apenas 13 anos e tenho muito tempo pra estudar, como vc pode me ajudar a começar?

    • Everton Vieira 19/02/2016 at 13:41 - Reply

      Olá, Ricardo! Tudo bem?
      Eu sugiro você utilizar algum engine simples que possua bastante documentação em português (caso você não domine o inglês ainda).
      Minha sugestão é você utilizar o Construct 2 ou o Game Maker. Ambos tem bastante material em português e são mais simplificados na programação. Uma boa forma de você ir aprendendo aos poucos. Outra dica importante é chamar um colega seu que goste de desenhar. Assim, ambos terão uma meta juntos e fica mais fácil ;)

  42. Gselle 23/03/2016 at 09:18 - Reply

    Olá Everton?! Suas dicas contribuíram muito, para as dúvidas que meu filho, ainda, tinha em relação a profissão e ao campo de atuação. Porém, desejo fazer uma ressalva gramatical. Acredito que o corretor de texto falhou contigo, pois na quarta linha da primeira dica, o correto não é: ….projetos menores ao “invés” de um…(consta “invéz”)? Me desculpe a “chatice” e correção, afinal, a abordagem dos comentários deverá se limitar ao tema exposto. Mas, levando em consideração, que os que mais acessam seu blog é uma molecada acostumada a “assassinar” o português com frequência, me permiti a audácia de salientar o deslize. Perdoe-me e parabéns, pelo blog. Abraço!!!

    • Everton Vieira 04/04/2016 at 21:01 - Reply

      Olá, Gisele!

      Fico contente que o post tenha ajudado o seu filho :)
      Agradeço a dica gramatical, pois o blog não está com o corretor ativo ;)

  43. Wesllen Lucas 10/04/2016 at 18:09 - Reply

    Everton Vieira, tenho 14 anos e moro em Fotaleza-Ce,
    Não sei fazer nada das dicas, mas me interessei por esta área! o que devo fazer??

    • Everton Vieira 05/11/2016 at 11:43 - Reply

      Olá, Wesllen! Tudo bem?
      Meu conselho é você procurar cursos técnicos de programação e games na sua região. Será um bom caminho para que você possa evoluir rápido e já começar a criar seus primeiros games. No curso que ministramos aqui na nossa cidade, é muito comum ter alunos da sua idade. É uma ótima maneira de você dar os primeiros passos ;)

  44. Samuel 17/05/2016 at 13:07 - Reply

    Gostei das dicas, tudo que tenho a dizer é “muito obrigado” tenho a certeza que seguindo estes passos serei um bom programador!!

  45. Walter Araújo 14/06/2016 at 16:41 - Reply

    Olá Everton,
    Eu queria saber sua opinião, eu estou buscando trabalhar na area de jogos e queria saber se já posso tentar uma especialização fazendo uma faculdade de programador de jogos ou eu teria que fazer antes ciência ou engenharia da computação? E penso em fazer cursos também na área do ingles e japones, e fora as linguagens de programação como java entre outros. O que acha?

    • Everton Vieira 05/11/2016 at 11:41 - Reply

      Olá, Walter!
      Eu diria que um curso técnico seria já suficiente para você começar a fazer seus primeiros jogos. Caso você “ganhe gosto pela coisa”, ai pode se aprofundar com uma faculdade de ciência da computação. Porém, vale destacar que os Game Engines hoje são muito evoluídos e com um conhecimento médio de programação você já pode fazer game bem legais. Aconselho a fazer o mais rápido possível o seu primeiro game. Nos primeiros meses do curso técnico, já usar um Game Maker para ver o que sai dai ;)

  46. Rafael 28/06/2016 at 13:04 - Reply

    Olá Everton, tenho uma duvida e gostaria da sua opinião, eu decidi que queria trabalhar na área de games porém mais para o lado de roteiro, e como não existe cursos ou algo do tipo sobre essa área, eu preciso ter algum tipo de especialização para pode me comunicar melhor com os demais… então eu gostaria de saber se vale a pena eu estar fazendo um curso técnico de programação em jogos digitais, e se sim, ele envolve saber desenhar?

    • Everton Vieira 05/11/2016 at 11:39 - Reply

      Olá, Rafael!
      Com certeza um curso de games ajudará você a identificar melhor cada uma das funções em uma equipe. Assim, você pode escolher a área com mais embasamento. Procure um curso mais próximo de sua cidade e “Pare de Não Fazer Games” :)

  47. gelson marcelino de souza 21/08/2016 at 23:17 - Reply

    Everton, sou um aspirante a ingressar neste mercado. sob esta afirmaçao eu lhe pergunto: apois a formaçao, para a minha tranquilidade e possivel escolher uma era dentro dessa profissao.

  48. gelson marcelino de souza 21/08/2016 at 23:26 - Reply

    Everton, sou um aspirante a ingressar neste mercado. sob esta afirmaçao eu lhe pergunto: apois a formaçao, para a minha tranquilidade e possivel escolher uma area dentro dessa profissao.

    • Everton Vieira 05/11/2016 at 11:25 - Reply

      Olá, Gelson!
      Há várias funções em uma empresa de games. A maioria delas é bem distinta em relação a outra. É importante você experimentar um pouco para ter certeza qual área se ajusta melhor as tuas habilidades. Cursos de games normalmente dão uma geral nas funções. Para o propósito de se descobrir, isso seria bem interessante.

  49. Keslley Paulo rampr 01/10/2016 at 10:50 - Reply

    Olá estou começando agr não tenho nem um conhecimento sobre isso mais gostaria muito de aprender tudo, estou começando do zero mesmo,
    Mais o que eu sempre quis era trabalhar com isso .
    Alguém poderia me indica por onde começar

    • Everton Vieira 05/11/2016 at 11:22 - Reply

      Olá, Keslley!
      Comece com um curso de programação e durante o curso já inicie a criação do seu primeiro game. Ferramentas como o Game Maker ajudam bastante a motivar o iniciante, pois abstraem bastante da complexidade de um GameEngine

  50. Louísi Poeta 30/10/2016 at 17:45 - Reply

    adorei as dicas, mas eu queria saber por onde devo estudar os games novos?

    • Everton Vieira 05/11/2016 at 11:02 - Reply

      Olá, Louísi! Tudo bem?
      Não sei se entendi bem a sua pergunta. Mas, você pode começar com um curso simples de programação e durante o curso mesmo, tentar já criar o seu primeiro game. Ferramentas como o Game Maker ajudam bastante neste processo, pois abstraem muitos detalhes e isso motivo o iniciante ;)

Deixar um Comentário

Click here to cancel reply.