Android – Cinco por segundo

Você sabe o que é um andróide? Vejam, estou perguntando o que é andróide com acento no “ó” e um “e” no final. Pois é, logo pensamos no simpático robozinho verde. Segundo o dicionário da língua portuguesa Houaiss, um andróide é algo semelhante ao ser humano, um robô com figura humana que imita seus movimentos.

Posto isso, dá para entender, ou pelo menos pode-se imaginar aonde a multinacional de Palo Alto – Google quer chegar.

O Android é um sistema operacional para dispositivos móveis projetado sobre uma estrutura Linux que foi inicialmente desenvolvido pelo Google e posteriormente pela Open Handset Alliance. No entanto, o Google é o responsável pelo produto e gerência dos processos deste projeto.

Ficha técnica do Android:

Desenvolvedor: Google Inc., Open Handset Alliance.

Arquitetura: ARM, MIPS, POWER, x86.

Modelo: Código aberto.

Lançamento: Outubro de 2008.

Versões estáveis: 2.3.4 (Gingerbread), 3.1 (Honeycomb – para tablets).

Núcleo: Monolítico.

Interface: Gráfica.

Codificação: Aproximadamente 12 milhões de linhas de código.

Aplicativos: Mais de 100 mil aplicativos disponíveis.

Figura 1: Tela do Android

A Android Inc. foi adquirida pelo Google em Julho de 2005. Especulações por volta de Dezembro de 2006 indicavam que o Google estava trabalhando forte para entrar no mercado de dispositivos móveis. E foi o que aconteceu, em Outubro de 2008 o primeiro telefone rodando Android foi lançado – o HTC Dream. Versões atualizadas e mais funcionais deste sistema operacional não param de surgir. Como não podia deixar de faltar, a próxima fatia de mercado que já está sendo explorada pelo Google é dos tablets que ainda contam com números pequenos mas em franco crescimento.

Tabela 1: Estatística de utilização do Android

Recentemente, no Google I/O 2011, foi apresentado o Android Ice Cream Sandwich que pretende unificar as versões do sistema de smartphones e tablets. A previsão de lançamento é para o final do ano. Estamos de olho!

Uma informação muito importante compartilhada pelo Google durante a conferencia é sobre a quantidade de dispositivos ativados com Android. Estima-se que sejam 400 mil dispositivos ativados diariamente com este sistema. Fazendo uma conta rápida, chegamos a conclusão que são aproximadamente 5 dispositivos ativados com Android por segundo em todo o mundo. Exatamente isso que você acabou de ler, são CINCO dispositivos ativados por segundo. Realmente impressionante!

Com tanto dispositivo móvel no mercado será preciso investir muito em como usar esses gadgets de forma produtiva e, principalmente, divertida. E os jogos são cada vez mais uma atividade promissora.

Uma pesquisa divulgada este mês pela Nielsen (uma das maiores empresas de pesquisas de mercado atuais) mostra que os jogos continuam a ser a categoria mais popular entre os aplicativos para smartphone (veja abaixo).

Gaming is the most popular mobile app category

Outro dado importante na mesma pesquisa: as pessoas tendem a pagar mais por jogos do que por outros tipos de aplicativos. E, embora os donos de iPhone que jogam gastem mais tempo jogando (cerca de 15 horas por mês), o pessoal que possui Android gasta o dobro do que as demais plataformas (9h/mês contra 4,5h/mês de Windows Phone, BlackBerry e celulares comuns).

O mercado de games para Android está tão promissor, que já se questiona se a Nintendo não vai entrar na briga. A primeira vista pode soar estranho cogitar relação entre Nintendo e Android, mas lembre-se que hoje os três maiores fabricantes da indústria de games mundial são Nintendo, Microsoft e Sony, e as duas últimas já investiram em smartphones preparados para jogos. A Microsoft, naturalmente, possui sistema proprietário (Windows Phone 7), mas a Sony lançou seu Xperia Play (com a tal certificação “playstation”) utilizando a plataforma Android.

A Nintendo já se pronunciou a respeito e disse não ter interesse na plataforma, apesar de concordar com o lançamento de um jogo de Pokemon para iOS e Android pela Pokemon Co., sua afiliada responsável pela franquia (aliás, uma das mais importantes franquias dos consoles da grande N). Obs.: o jogo é de ritmo e nada tem a ver com os jogos tradicionais da série.

As oportunidades para desenvolvedores independentes entrarem neste mercado são muitas, visto que o desenvolvimento para a plataforma não é complexo, e várias ferramentas especializadas estão sendo lançadas. Temos hoje desde grandes empresas como Unity (com o engine Unity3D para Android) e Epic Games (com a engine Unreal para Android), até novas empresas que aposta em oferecer engines ou API simplificadas e integração social.

Destacam-se a Sibblingz, com a plataforma Spaceport (que permite jogos que rodam desde smartphones até smartTVs); Ngmoco, que atua como publisher para independentes e oferece a engine ngCore, também multiplataforma; e recentemente a Zipline Games, com a noa plataforma Moai, também multiplataforma e oferecendo back-end para desenvolvimento de jogos online.

Claro que não é necessário dominar uma ferramenta especializada para desenvolver para Android. Esse fato, aliado à facilidade para disponibilizar um jogo no Android Market, faz deste sistema um excelente ponto de partida para quem quer entrar pra o mercado de jogos mobile. Se você tem conhecimento da tecnologia Java, já tem mais da metade do conhecimento necessário, visto que a plataforma é baseada nesta linguagem.

Aliás, você programa em Java e já pensou em desenvolver games para Android? Se a resposta é sim, mas você não sabe por onde começar, aguarde… tem novidade pintando aqui no Abrindo o Jogo.

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Android

http://www.portaltech.blog.br/gadgets/google-lanca-android-3-1-e-apresenta-ice-cream-sandwich/

http://www.ibm.com/developerworks/br/library/os-android-devel/

http://www.google.com/events/io/2011/index-live.html

http://www.androidapps.com/games/articles/8658-nintendo-missing-out-on-android-success

http://www.giantbomb.com/news/nintendo-of-america-dont-even-think-about-pokemon-for-iphone/3463/

http://blog.nielsen.com/nielsenwire/online_mobile/games-most-popular-mobile-app-category/

http://getmoai.com/

http://sibblingz.com/

http://www.ngmoco.com/about.php

Autor: Rafael Rodrigues Ver todos os posts de

3 Comentários em "Android – Cinco por segundo"

  1. Alessandro 23/07/2011 at 16:53 - Reply

    Parabéns pelo post e agradeço o link, não são todos que fazem como você!

  2. Leandro Vian 25/07/2011 at 13:35 - Reply

    Opa gostei do post, no aguardo pelas novidades.

    abraços

  3. Shane Michaels 02/08/2011 at 17:40 - Reply

    Ótimo Post, espero mais notícias sobre Android.

    Forte abraço.

Deixar um Comentário