Etapas de um Character Design – Parte 4

Post5

Design (Desenho)

Por: Dado Almeida

Nesse ponto o Desenho já está bem perto da versão final.
Os detalhes estão definidos e Eu só precisei re-desenhar o personagem voltando a olhar mais a fundo para o MoodBoard (Referências).


Particularmente, essa é minha etapa favorita. Algo no Desenho com Linhas chama minha atenção – ainda mais quando consigo fazer com que as formas pareçam tridimensionais, com o mínimo uso de cor e shading.

Turn-Around

Turn-Around é o novo nome pra ModelSheet. Que antes era conhecido como Projeção. Que antes tinha o nome de…
Nada mais é do que desenhar diferentes visões do objeto pra facilitar o próximo elo na linha de produção (Modelador 3D, Escultor, Ilustrador, etc.)
Na minha experiência, alguns Artistas 3D precisam que as projeções estejam perfeitamente alinhadas, com o objeto totalmente chapado, com o mínimo de distorção causada pela perspectiva.


Essa imagem vai ser colocada numa geometria plana do software e servir como referência exata para a manipulação da malha 3D. Modelar por cima do Desenho, literalmente.
O outro tipo de Turn-Around é menos preciso, apenas ilustrando as diferentes dimensões do objeto. Alguns Modeladores conseguem se virar com esse tipo de imagem, mas é claro que a janela pra “achismos” é um pouco maior. Daí a importância do Artista Conceitual resolver as dúvidas antes de passar a imagem pra frente, utilizando-se de notas, setas, recortes, etc.
Pra esse projeto, Eu usei o ‘GameShark’ do Artista Conceitual – construi um objeto 3D com formas semelhantes ao personagem e usei esse boneco como referência pra desenhar as projeções.
Não precisava tanto, mas seria útil se o ‘cliente’ pedisse uma visão área pra ontem. Fica a dica.

DADO cria Arte para Vídeo-Games.
Seu portifólio, links e projetos pessoais estão no http://www.dadoalmeida.com

Autor: Everton Vieira Ver todos os posts de
Sou Bacharel em Análise de Sistemas pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) no ano de 1999. Minha paixão por games é de longa data. Porém, em 2003 tornei essa paixão uma profissão. Durante oito anos atuei como Game Designer e Arquiteto de Software em mais de 30 projetos de Serious Games (simuladores) para grandes empresas do país. Atualmente sou sócio-fundador da Izyplay Game Studio, onde exerço o cargo de Diretor de Criação. Além do envolvimento corporativo, também participei da organização da Pós Graduação em Arquitetura e Desenvolvimento de Jogos Digitais na FATEC SENAC Pelotas. Minha área de interesse e especialização é Game Design e Inteligência Artificial.

Um comentário em "Etapas de um Character Design – Parte 4"

  1. Bárbara Bueno 24/11/2015 at 14:12 - Reply

    Adorando o arco de artigos!
    Espero que tenham planos de fazer mais no futuro!

Deixar um Comentário

Click here to cancel reply.