Etapas de um Character Design – Parte 6

Post8

Splash Art | Desenho em Linhas

Por: Dado Almeida

Sei que está parecendo aquele Meme do ‘Como Desenhar uma Coruja‘ – mas do thumbnail pra esse desenho não teve muita coisa mesmo. Sério.
A dica pra essas etapas é, ao invés de re-desenhar o thumbnail escolhido – pego o rascunho pequeno e amplio para o tamanho final da ilustração. Depois desenho por cima.

Foram duas passagens pra chegar no desenho final: sketch melhorado e arte-final (com um brush opaco, padrão do MS, com curvas de pressão alteradas).
Sempre me perguntam como Eu consigo linhas tão precisas desenhando na Tablet.
A resposta é: não conheço nínguem que faz linhas precisas (quasi-vetor) no Photoshop, por exemplo.


Mas quase todos os programas de desenho que foram criados para criar Mangá (SAI, Clip Studio/Manga Studio, AZDrawing, Fire Alpaca) possuem a função de ESTABILIZAÇ O DE TRAÇO – e é aí que está o segredo.

“Até em dias onde falta café meu traçado fica liso como manteiga.” by Dado Almeida

Splash Art | Color Comps

Ainda com a idéia de deixar com que a ‘audiência’ influenciasse no processo de criação, fiz vários estudos de cor/ambientação antes de começar pintura.
O que me ajudou a criá-los foi o recurso de Gradient Maps (também disponível no PS) – assim, consegui colorir uma imagem em escala de cinzas usando diferentes ‘mapas de gradiente’.
Desse modo, foi só usar um pouco de experimentações e referências fotográficas pra capturar diferentes tipos de cena.
Notem como na imagem anexa, a opção escolhida por mim foi a cena noturna. Porém, lembro que a votação entre os que seguiam o meu post foi maior na cena de pôr-do-sol.
Mesmo não muito contente, abracei a idéia pois de fato as Splashes de LOL que havia visto eram todas ‘dark’ – algo mais colorido poderia ser diferencial…


Mas…ficou aquela dúvida no ar…será que os ‘clientes’ tiveram a razão?

DADO cria Arte para Vídeo-Games.
Seu portifólio, links e projetos pessoais estão no http://www.dadoalmeida.com

Autor: Everton Vieira Ver todos os posts de
Sou Bacharel em Análise de Sistemas pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) no ano de 1999. Minha paixão por games é de longa data. Porém, em 2003 tornei essa paixão uma profissão. Durante oito anos atuei como Game Designer e Arquiteto de Software em mais de 30 projetos de Serious Games (simuladores) para grandes empresas do país. Atualmente sou sócio-fundador da Izyplay Game Studio, onde exerço o cargo de Diretor de Criação. Além do envolvimento corporativo, também participei da organização da Pós Graduação em Arquitetura e Desenvolvimento de Jogos Digitais na FATEC SENAC Pelotas. Minha área de interesse e especialização é Game Design e Inteligência Artificial.

2 Comentários em "Etapas de um Character Design – Parte 6"

  1. Bárbara Bueno 29/01/2016 at 22:11 - Reply

    Estou adorando conhecer este processo!
    Muito embora já seja questão do uso da ferramenta, gostaria só, se fosse possível, de saber com um pouco mais de detalhes sobre a aplicação do gradient maps nos estudos de cor.

  2. Carolina Kriger 15/04/2016 at 11:04 - Reply

    Muito bom, estou acompanhando todos os processos.
    Sou fascinada por este tipo de desenho.

Deixar um Comentário