PodAbrir 25 – Tecnologias de Desenvolvimento 2014

logoPost

Olá pessoal,

Estamos de volta! “Antes Tarde Duke Nukem” :)

Neste episódio de regresso vamos acompanhar um bate papo sobre as tecnologias disponíveis para desenvolvimento de jogos atualmente. Unity3D? Action Script? Linguagens nativas para plataformas mobile? Qual é a melhor opção? Não deixe de acompanhar e de participar nos comentários.

Participantes

  • Everton Vieira (Izyplay)
  • Alessandro Nornberg (Izyplay)

Links comentados neste episódio

Grade do programa:

  • 0:43 – Introdução
  • 2:20 – Leitura de e-mails
  • 08:45 – Tecnologias de Desenvolvimento 2014

Trilhas

  • Dio Tribute – This is your life 2014
    • Man on the Silver Mountain (Rob Halford)
    • Neo Nights (Anthrax)

PodCast

Autor: Everton Vieira Ver todos os posts de
Sou Bacharel em Análise de Sistemas pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) no ano de 1999. Minha paixão por games é de longa data. Porém, em 2003 tornei essa paixão uma profissão. Durante oito anos atuei como Game Designer e Arquiteto de Software em mais de 30 projetos de Serious Games (simuladores) para grandes empresas do país. Atualmente sou sócio-fundador da Izyplay Game Studio, onde exerço o cargo de Diretor de Criação. Além do envolvimento corporativo, também participei da organização da Pós Graduação em Arquitetura e Desenvolvimento de Jogos Digitais na FATEC SENAC Pelotas. Minha área de interesse e especialização é Game Design e Inteligência Artificial.

31 Comentários em "PodAbrir 25 – Tecnologias de Desenvolvimento 2014"

  1. Esdras Caleb Oliveira Silva 15/04/2014 at 10:40 - Reply

    Vocês não comentaram a da torque que está gratuita e de código aberto hoje

  2. Bárbara Bueno 15/04/2014 at 19:16 - Reply

    Gostei muito do PodCast de retorno!
    Vocês voltaram com muito bom humor, e o assunto em pauta é não só interessante como importante.

    Pra mim fica um grande “bora trabalhar” não só pra executar as ideias loucas (relacionadas a games) que tenho na cabeça, como também pra preparar mais conteúdo pro Blog!

  3. Otávio Ortiz 15/04/2014 at 22:47 - Reply

    Olá pessoal!
    Bacana o podcast, tem muita gente em duvida sobre as tecnologias para desenvolvimento de jogos hoje em dia.

    Concordo com o ponto de vista de vocês sobre unity e flash, acredito também que um fator importante para se escolher unity para desenvolvimento de jogos é que ele é uma ferramenta completa para isso.

    Porém gostaria de adicionar que existem muitas ferramentas feitas por terceiros para desenvolvimento de jogos em flash, isso pode facilitar bastante, vou deixar um link logo abaixo recheado de ferramentas para isso, com game engines, editores e bibliotecas úteis para desenvolvimento de jogos.

    http://www.as3gamegears.com/

    Grande abraço ;)

    • Everton Vieira 21/04/2014 at 23:10 - Reply

      Olá Otávio,

      Boas dicas de ferramentas. Como citamos no post, o editor que recomendamos é o Flash Develop. É um editor bem completo e já auxilia o desenvolvedor na publicação para várias plataformas ou até na integração de frameworks como o Starling. Pela popularização do plugin, o Flash ainda será uma realidade no desenvolvimento de games para web. Porém, vale destacar que mesmo com todo o ferramentario, o workflow fica bem aquém se comparado com um game engine.

  4. Leandro Vian 16/04/2014 at 09:24 - Reply

    Salve galera,

    Bom episódio de volta as atividades, espero que tenham tempo para se manterem ativos no podcast e site. :)

    E um save pra Bárbara por ter mantido as coisas andando :)

    abraços

  5. Francisco 21/04/2014 at 21:37 - Reply

    Bacana. Comecei a estudar Unity há algum tempo. Eu usava AS3, mas acho que a Adobe realmente deixou para ela trás. Tudo bem que é free, mas trabalhar com 3D com ela, para mobile, é decepcionante. Uso de física com 3D realmente não funcionava. Além do resultado, com diferença de performance entre as plataformas, como vocês citaram no podcast.

    Eu não sei muito de Unity ainda, mas tive uma boa impressão (O Temple Run por exemplo foi feito com Unity.) Li um pouco sobre UDK, mas o fato de ela cobrar uma taxa por vendas me fez ficar voltado ao Unity, já que dá para lançar o game de graça por ela, embora sem os recursos da licença Pro.

    • Everton Vieira 21/04/2014 at 23:19 - Reply

      Olá Francisco,

      Independente de escolher a UDK ou a CryEngine mais a frente, o Unity é um excelente começo. Se você, como nós, veio do AS3, a mudança é bem grande. Junto com o uso do engine também vem todo o workflow de um projeto em 3D, que é uma mudança de paradigma.

      • Francisco 26/04/2014 at 18:43 - Reply

        Só uma pergunta: vocês comentaram no podcast que tem a licença Unity Pro? Essa versão permite exportar para mobile (iOS e Android, por exemplo) com recursos do Pro (como splash screen customizável etc.) ou para mobile é preciso comprar os add-ons específicos além da Unity Pro?

        • Everton Vieira 29/04/2014 at 13:13 - Reply

          Olá Francisco,

          A versão Pro do Unity permite publicar apenas para uma plataforma de cada vez. A mais popular é a versão que permite a publicação para web e PC. Para publicações para Mobile, você precisa de mais uma licença, que hoje custo basicamente o mesmo valor (ficando salgado para quem está começando). Aliás, você precisa de uma versão para IOS e outra para Android :/

          • Esdras Caleb Oliveira Silva 30/04/2014 at 08:22 -

            Se me lembre bem a Unity 4 está com a versão mobile gratuito,
            http://unity3d.com/unity/licenses

            a versão pro permite o uso de novos recursos(como sombras), mas já é possivel exportar para mobile gratis. Porem a build fica com + de 10mega

            Outr acoisa é que podia ter se comentado do projeto Anarchy da Havok, uma engine feita especialmente para desenvolvimento mobile e que tem o código SDK aberto
            http://www.projectanarchy.com/

  6. Henrique 29/04/2014 at 13:18 - Reply

    Olá pessoal, achei muito bacana a dica até mesmo por que eu sempre trabalhei com flash/actionscript (tipo desde que comecei a programar..rsrsrs). Eu entendi o que vocês quiseram passar, mas fiquei com uma dúvida e como fã da ferramenta da adobe queria saber o seguinte:

    - O flash/actionscript estão ficando para trás somente quando se trata de desenvolvimento 3D ou 2D também ??

    Vlw, abraços :)

    • Esdras Caleb Oliveira Silva 30/04/2014 at 11:36 - Reply

      Nao se se to falando besteira mas acho que a construct2 e a cocos2d
      https://www.scirra.com/construct2
      http://www.cocos2d-x.org/

      estão pegando o espaço do flash, justamente por terem editores…

      Maaas, o flash ta a muito tempo ai e dificilmente vai morrer tão rapido…

  7. Leandro Vian 29/04/2014 at 15:08 - Reply

    Salve galera, imagino que tenham visto, mas segue o link pra um post interessante sobre Unity3d e WebGL. Pessoalmente fiquei bem animado rodando os jogos do unity direto no navegador, ainda mais estando no Linux, coisa que não era possível até então.

    http://blogs.unity3d.com/2014/04/29/on-the-future-of-web-publishing-in-unity/

  8. Leandro Vian 30/04/2014 at 10:31 - Reply

    Opa, floodando o post :)

    Para o próximo podcast vocês poderiam falar sobre o “Dash Games”.

    Fiquei sabendo do evento essa semana em um podcast, achei estranho não ter lido nada a respeito e só descobrir em cima da hora sobre um evento aqui no RS.

    Além disso, já que consta a Izy Play na lista de associados, imaginei que iriam participar e pudessem compartlinhar oque viram :)

  9. Marcelo Severgnini 04/05/2014 at 23:57 - Reply

    Uoooo voltaram até que enfim.

  10. Vinícius Curto 06/05/2014 at 13:37 - Reply

    Olá, gostei muito do podcast, acompanho o site a um tempo e resolvi comentar dessa vez, atualmente trabalho com AS3 e já tenho um conhecimento razoável de unity(unity 3.6) mas estou em duvida no momento se volto ao utilizar unity ou começo a aprender a unreal 4, que atualmente me parece mais interessante.
    O que vocês recomendam?
    Valeu, abraçs.

  11. Joao Paulo Oliveira 06/05/2014 at 16:45 - Reply

    Muito bom o podcast, parabens! Gostaria de saber a opiniao de voces sobre o desenvolvimento de games pelo Construct 2?
    Percebo que é extremamente facil, pra quem ja tem um “pé” no desenvolvimento indie, mas as vezes o facil acaba trazendo transtornos la na frente… é o caso do Construct 2?

  12. Israel 10/06/2014 at 01:46 - Reply

    Conheci o cast há 3 dias e gostei muito. Sobre desenvolvimento de jogos, comecei a estudar a “Tubulentz” e gostaria de saber se vale a pena investir nessa engine pra desenvolvimento de jogos para html?

  13. Felipe Neves 17/06/2014 at 09:44 - Reply

    Show de bola o podcast, gostaria da opinião de vocês sobre o desenvolvimento de jogos para a plataforma linux. E principalmente sobre as Steam Machines…

  14. renato.florencia 21/07/2014 at 01:15 - Reply

    pow voltou e já sumiu de novo : ( assim é fogo… fico nervoso querendo ouvir o podabrir e nada ahaahahha

    Vlw força ae….

    • Everton Vieira 29/07/2014 at 16:22 - Reply

      Só para deixar você tranquilo Renato, vamos gravar esta semana mais um episódio :)

  15. Bárbara Bueno 30/07/2014 at 03:41 - Reply

    Oba!!!
    Passando as provas da pós também pretendo entregar algum material ;)

  16. Gabriel Novaes 04/08/2014 at 10:08 - Reply

    Gostaria de saber se ainda é uma boa investir um tempo em aprender usar o flash para game, ou melhor seria usar ele como uma especie de game play pois o html5(javascript)canvas esta em alta.

    • Everton Vieira 04/08/2014 at 14:08 - Reply

      Olá Gabriel,
      O uso de Actions Script 3 e a tecnologia Adobe Air em si, estão ficando para trás realmente. A Adobe nunca se propôs a criar um game engine. Isso sempre veio de iniciativas externas a empresa. Atualmente o flash player ainda é a tecnologia mais utilizada em games para a web. Sendo assim, se estiveres pensando em desenvolver um game ainda este ano para a web, eu diria que poderia ser uma opção. Mas, se o seu projeto for para médio longo prazo, ou for para qualquer outra plataforma, sugiro estudares a Unity. ;)

  17. Uriel Menezes 27/08/2014 at 23:03 - Reply

    olá everton..queria muito fazer download dos podcasts..mas sempre que clico em download abre o player e não inicia o donwload. :/ belo trabalho o de vcs viu?! parabéns..obrigado

    • Everton Vieira 30/08/2014 at 15:07 - Reply

      Olá Uriel,
      Legal que você está curtindo o nosso trabalho. Para baixar o episódio, basta clicar no link de download que fica logo abaixo do player a direita. ;)

  18. Carolina 22/09/2014 at 14:58 - Reply

    Que bom que voltaram, gosto muito do trabalho de você e a dinâmica que usam em suas postagens.

  19. Rafael Lima 12/11/2014 at 22:25 - Reply

    O Flash vem melhorando o seu workflow de 3D com a ferramenta Flare3D, o mais recente game feito com Flare3D para Cartton Network, ficou excelente:

    http://www.cartoonnetwork.com/games/regularshow/dimensional-drift/

    E a Adobe continua corrigindo bugs e atualizando tanto o FlashPlayer como o Air, agora na versão 16 em beta no AdobeLabs.

    Mas como questão de game engine, realmente tens razão. O Unity3D é superior. Porem, para 2D o Unity precisa melhorar em muitos aspectos. Principalmente em questões de performance.

    Existem até uma discussão no forum do Starling sobre Unity2D vs Flash:

    http://forum.starling-framework.org/topic/where-does-stage3d-outperform-html5unity2d

    Vale apena dar uma lida e entender mais sobre o assunto.

    Gostei do Blog, não conhecia o mesmo.

  20. Douglas 10/12/2014 at 16:15 - Reply

    Estou estudando o tutorial de vocês de “desenvolvimento de jogos em java”, e quero lhes agradecer pela excelente qualidade!
    Também quero saber se vocês possuem um local onde posso dividir meus jogos aqui no site, mesmo sendo café com leite nessa área.
    E muito obrigado de novo!

    • Everton Vieira 10/01/2015 at 22:06 - Reply

      Olá Douglas!
      Legal que você gostou dos tutoriais. Você pode enviar o jogo para gente que divulgamos no site e na fanpage também.

Deixar um Comentário