Retrospectiva AoJ 2011

Mais um ano termina e não tem como não olhar para trás para fazer uma revisão do que foi feito, do que deixamos registrado nestes meses que passaram. É sempre importante rever o trabalho já realizado, orgulhando-se dos acertos, mas aprendendo com os erros.

Nesse ano, felizmente, rolou um monte de coisa boa aqui no blog!

Nesse post fazemos um resumão para relembrar os eventos importantes. Se você perdeu algum destes marcos, vale a pena acessar para não deixar passar!

Bem, e aqui vamos nós por esta retrospectiva rápida, passando por alguns dos posts importantes que rolaram por aqui. Se você leu todos em primeira mão, obrigado por ser um leitor tão assíduo!

Fevereiro

Nosso ano começou tarde, mas começou bem, com o anúncio de um novo colaborador, Rafael Rodrigues, fazendo uma análise de Burger Island. Com foco em análise de projetos e mercado, Rafael trouxe sua experiência na área para esclarecer dúvidas sobre a abertura da sua própria empresa.
Com a entrada do Rafael começamos a explorar o lado empreendedor, com artigos focados no mercado e abertura de empresas. Esse assunto revelou-se, ao longo do ano, um sucesso enorme entre nossos leitores, mostrando que o brasileiro tem espírito empreendedor e interesse em posicionar-se corretamente no mercado.
Também ficamos orgulhosos de divulgar o Lawn Mower Madness, jogo que começou como trabalho de aula de nossos alunos, terminando como sucesso para iOS e Android.

Abril

Sai mais um artigo sobre padrões de projeto, campeões de audiência na categoria técnico. Ao longo do ano seriam 4 artigos neste assunto.

Julho

Edição número ZERO do podAbrir. Embora tenhamos apostado no conceito, ainda era uma experiência. Será que o pessoal iria aprovar? Bem, terminamos o ano com episódios quinzenais que contam com mais de 15.000 acessos! É, o pessoal gostou!

Agosto

Surge o AoJCursos, área dedicada aos cursos pagos do Abrindo o Jogo. Com um sistema próprio e valores acessíveis, oferecemos os cogumelos do conhecimento para você crescer profissionalmente :)
Participação do Thiago Rosa, que além de dar uma entrevista sobre games para Android, contribuiu bastante respondendo aos comentários. Chamava nossa atenção para o Android, tanto que continuamos abordando o assunto em  novos artigos.

Setembro

Buscando estar à frente também no assunto mercado, começamos a explorar novas tendências, como crowdfunding, modalidade de financiamento que começava a ser descoberta pelos brasileiros.

Outubro

Mais um campeão de audiência na categoria técnico: os artigos sobre a matemática nos games mostrou como esse conhecimento é importante para o desenvolvedor – e, infelizmente, como é mal visto na escola :(
O podAbrir inicia um arco de episódios sobre as profissões ligadas ao desenvolvimento de jogos.

Novembro

Lançamento histórico do game Minecraft traz à tona mais uma modalidade de mercado, o alphafunding.

Primeira entrevista com um convidado no podAbrir. A conversa com o designer de som Marcelo Martins foi tão legal que rendeu dois episódios – e o convite para ele se juntar à nossa equipe.
  • Entrevista sobre sound designer com Marcelo Martins, parte 1 e parte 2
Entra em cena a PlayN, API para jogos do Google. Como não oderia deixar de ser, o Abrindo o Jogo traz em primeira mão um how-to sobre a tecnologia e mais tarde um curso no AoJCursos.
Nosso colega de equipe Roger Machado fala sobre o SBGames, contribuindo com artigos sobre o evento, incluindo um bem polêmico sobre a palestra de Damian Isla.

Dezembro

O podAbrir entrevista o artista Dado Almeida, com tanto sucesso quando a entrevista anterior. Rende mais dois episódios! E os acessos vão subindo…
Marcelo Martins estréia como membro da equipe do blog, com a primeira parte de um artigo interessantíssimo sobre músicas em loop nos jogos.

Concluindo…

Foi um ano legal! Mas esperamos fechar 2012 com muito mais – cada comentário, cada e-mail dos leitores nos motiva a seguir com o trabalho, trazendo sempre o melhor possível para a comunidade de desenvolvedores de games do Brasil.

Que no próximo ano todos alcancem o crescimento profissional e encontrem as oportunidades necessárias para entrar de vez neste mercado. Que ele nos dê muito trabalho (sabemos que dá), mas também a realização de sonhos e, porque não, muito dinheiro no bolso!

Autor: Luiz Nörnberg Ver todos os posts de
Sou Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), onde também atuei como professor. Desde a época da faculdade (mais de quinze anos atrás) a paixão por jogos tem sido importante no meu direcionamento profissional. Sou sócio-fundador do Izyplay Game Studio, onde exerço o cargo de Diretor de Tecnologia. Sempre tive grande foco em desenvolvimento em Java, embora tenha migrando para a tecnologia Adobe AIR em função de sua portabilidade. Ah, e é claro, dou meus palpites no game design.

2 Comentários em "Retrospectiva AoJ 2011"

  1. Francisco Prado 30/12/2011 at 10:09 - Reply

    São úteis esses tutoriais de matemática de games, geralmente só encontramos na Web tutos em inglês e que não falam da parte explicativa da coisa.

    Continuem com o blog, conheci a pouco tempo mas já virei até fã dos podcasts. Abraços, and keep coding. :D

    • everton.vieira 30/12/2011 at 15:08 - Reply

      Legal o feedback Francisco. É uma motivação para continuar com o trabalho!

Deixar um Comentário