How-to: Configuração do Google PlayN

Google vem desenvolvendo a certo tempo uma biblioteca para criação de jogos que promete facilitar o desenvolvimento multiplataforma. A PlayN, como é chamada hoje, permite o desenvolvimento de jogos utilizando a linguagem Java e uma API própria, e gera automaticamente o código do jogo em HTML5, Android e Flash.

Parece incrível e é, mas a configuração do ambiente ainda é um desafio para quem não está acostumado a trabalhar com Git, Maven, Ant e outros diretamente. Nesse curto passo a passo mostramos como configurar PlayN no Eclipse.

O projeto PlayN está passando por modificações neste exato momento. Por isso este passo a passo acabou demorando mais do que eu gostaria – depois que prometi ele, o PlayN simplesmente parou de funcionar em função da atualização da API do Android. Hoje este problema está resolvido, mas para isso o PlayN não vem mais com o pacote de samples – demonstrações do uso da plataforma. Eles poderão ser baixados separadamente em breve – quando ocorrer, informamos aqui.

[ATUALIZAÇÃO]

O PlayN está agora disponível no Maven Central, que é um repositório público. Isso facilita muito o processo todo, já que não é preciso baixar todos os fontes do PlayN para a máquina para poder utilizá-lo – só é preciso criar um novo projeto do tipo Maven e basear ele no arquétipo desejado do Maven Central.

Incluí abaixo o how-to para criar um novo projeto do PlayN no NetBeans, que é mais amigável que o Eclipse, mas o processo é praticamente o mesmo para ambos.

Todo o processo é feito em uma máquina limpa, sem nada previamente instalado. Utilizei o Netbeans 7.0.1 recém instalado e com todas atualizações aplicadas.

Os dados para o arquétipo de projeto são os seguintes:

  • group: com.googlecode.playn
  • artefato: playn-archetype
  • versão: 1.0.1

Segue post original.

Este how-to está longe de ser à prova de falhas – muita coisa depende da configuração da sua máquina se você já tiver o Eclipse ou Maven instalado. Se você não tem nada disso, é provável que a coisa funcione sem problemas.

Um problema que tive foi o Eclipse rodar com JRE, que é run-time do Java para usuários finais, não para desenvolvimento. E com isso não conseguir compilar algumas coisas. Se você desconfiar que seu problema é esse, recomendo desinstalar temporariamente o JRE e deixar instalado apenas o JDK (versão de desenvolvimento do Java). Se o Eclipse não iniciar, por não achar mais o Java, abra o arquivo eclipse.ini (que fica na pasta do Eclipse) e acrescente a ele as seguintes linhas (são duas):

-vm
C:\Program Files\Java\jdk1.7.0_01\jre\bin\client\jvm.dll

O caminho do Java pode variar conforme sua configuração, principalmente a versão.

Sites citados:

  • PlayN
    • Endereço do repositório para obter o PlayN:

      https://code.google.com/p/playn

  • Plugin de integração do Maven com o Web Tools Plataform do Eclipse
    • Endereço para instalação de novo software no Eclipse:

      http://download.jboss.org/jbosstools/updates/m2eclipse-wtp

Autor: Luiz Nörnberg Ver todos os posts de
Sou Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), onde também atuei como professor. Desde a época da faculdade (mais de quinze anos atrás) a paixão por jogos tem sido importante no meu direcionamento profissional. Sou sócio-fundador do Izyplay Game Studio, onde exerço o cargo de Diretor de Tecnologia. Sempre tive grande foco em desenvolvimento em Java, embora tenha migrando para a tecnologia Adobe AIR em função de sua portabilidade. Ah, e é claro, dou meus palpites no game design.

4 Comentários em "How-to: Configuração do Google PlayN"

  1. Alipio 10/11/2011 at 10:17 - Reply

    Aew saiu! Obrigado mesmo. Vocês são demais

  2. Leandro Vian 10/11/2011 at 13:51 - Reply

    Ótimo tutorial, já to seguindo aqui pra deixar redondinho e começar a mexer nele.

    Alias, ótimos links de favoritos no navegador ein hehehe

  3. Rinaldo 20/11/2011 at 21:00 - Reply

    Sempre usei o Eclipse, sempre foi minha IDE favorita.
    Mas cá entre nós, com o Net Beans o processo foi bem mais camarada.
    Ótimo trabalho pessoal.

    Obrigado.

  4. Francisco 19/12/2011 at 09:58 - Reply

    Pretendo ainda experimentar esse PlayN, confesso q não conhecia antes de ver no blog de vcs. Parece bacana, e deve ser promissor, já q é iniciativa do Google. Valeu a dica

Deixar um Comentário